Maciel confessará crime e Pilar revelará segredo: 'Já fiz pior'....

15 de novembro de 2013

Nos próximos capítulos de "Amor à vida", Pilar revelará que já cometeu algo grave no passado, confira..


Durante uma conversa com Maciel (Kiko Pissolato), ela dirá que, num momento de desespero, perdeu a cabeça e se arrependeu.

Tudo começará quando Jacques (Julio Rocha) for levar a ex de César (Antonio Fagundes) em casa, após mais um jantar. Maciel, que a esta altura estará muito interessado na patroa, verá tudo e ficará incomodado com a situação:

- Esse cara aí, que foi embora, não serve para a senhora. Ele está mentindo, não está apaixonado pela senhora.

Pilar se ofenderá e perguntará se o motorista não acha possível que um homem mais jovem se apaixone por ela.

- Claro que não. Um homem mais jovem pode perfeitamente se apaixonar pela senhora. Mas ele, não. Ele quer alguma outra coisa. Eu conheço bandido de longe, dona Pilar. Eu já fui meio bandido também. E já fiz muita coisa de que eu me arrependo.

- Eu também já fiz coisas de que me arrependo. Pelo menos uma coisa muito grave eu fiz - revelará ela.

- Eu imagino. Eu conheço o tipo de pessoa capaz de fazer alguma coisa perigosa. Nem que seja para se defender. A senhora é assim. Boa noite, dona Pilar - dirá Maciel, despedindo-se.

A médica ficará muito intrigada e retomará o assunto no dia seguinte. Ela pedirá ao motorista que fale sobre tudo o que já fez de ruim e prometerá não demiti-lo.

- Vai ser bom falar, está entalado na minha garganta faz tempo. Eu provoquei um acidente a mando do Félix (Mateus Solano). Eu estava dirigindo o carro que bateu contra o doutor Atílio (Luis Melo) e a mulher dele. O seu Félix tinha pedido um acidente sério, mas eu tentei bater só para dar um susto. O problema é que, nesse tipo de coisa, a gente sempre pode errar a mira, e o acidente foi pior do que eu pensava.

Pilar ficará chocada e questionará o motivo da atitude de Maciel. Ele contará que fez tudo por dinheiro para ajudar a mãe doente, que acabou morrendo.

- Vai me demitir? Me entregar? - perguntará o rapaz, tenso.


- Não. Eu já fiz coisa pior. Prefiro não falar sobre isso. Mas eu entendo que, em certos momentos, nós podemos ser levados por um sentimento. Você estava desesperado pela sua mãe. E eu, por outro motivo. Nesses momentos a gente faz coisas das quais depois se arrepende.


Imprimir