Isis Valverde fala de cenas cenas quentes e aprova o resultado de 'Amores roubados'

10 de janeiro de 2014


Para dar vida à espontânea e descolada Antônia, de "Amores roubados", Isis Valverde passou seis meses - três deles no Nordeste - submersa no trabalho. Agora, com a minissérie no ar, a atriz diz que só tem o que comemorar, confira...


- Eu sou muito aplicada. Faço questão de me preparar para um personagem. Para viver a Antônia, fiz um trabalho corporal, de prosódia. Trabalhamos muito, mas estou superfeliz com o resultado.

Isis diz que está acompanhando a série junto com o público, pois a direção não deixou o elenco ver nada antes da estreia. E a atriz aprovou:

- Cada dia está sendo uma surpresa, mas até agora estou muito feliz com o que assisti. Eu queria dar uma leveza para ela (Antônia) nesse início, como se ela fosse a flor do Sertão. Acho que consegui. E ainda vem muita surpresa por aí.

Para Isis, a personagem é a que menos tem os hormônios à flor da pele. A atriz afirma ainda que  não teve medo das cenas mais quentes ao lado de Cauã Reymond, intérprete de Leandro.


- Eu confio muito no Walter (Carvalho, diretor de fotografia) e no Zé (José Luiz Villamarim, diretor) com quem  já tinha já tinha feito outros dois trabalhos ("Avenida Brasil" e "O canto da sereia"). Quando você está com um bom diretor, de bom gosto, não há o que temer - diz.

(Créditos: Patricia Kogut).


Imprimir