Garota é expulsa de bar por ter aparência considerada bizarra, confira

16 de março de 2015

A aparência da jovem incomodou o dono e funcionários do bar que resolveram expulsar a cliente, confira...



Uma estudante que se define como "cyber gótica" foi expulsa de um pub por ter o que foi classificado "como visual extremo". Mas como era de esperar, ela não gostou nenhum um pouco de ser tratada dessa maneira!

Laura Kelly bebia tranquilamente com o pai no pub, quando um funcionário do estabelecimento chegou e convidou ela a se retirar 

Não é para menos, já que a jovem de 22 anos tem um visual meio, diferente, digamos assim: com seus piercings espalhados por todo o rosto, e cabelo de cores excêntricas 
A empresa se defendeu, e afirmou que pediram para ela sair por uma discussão que ela teve com funcionários anteriormente 
A Universidade de Manchester, onde ela estuda, afirma que é comum bebedores chamarem cyber góticos de "transsexuais" e "aberrações" 
Ela conta que ainda dentro do bar vários beberrões a chamaram de "show de horrores" 

“Aos poucos, todos os clientes do local se juntaram e me despejaram de lá. Foi horrível, e eles realmente não tiveram a menor compaixão.”

Os donos do pub dizem que não têm qualquer problema com qualquer tipo de pessoa de diferentes aparências, mas espera que nenhum cliente arrume problemas com os outros ocupantes do local 

Ela se defendeu, e disse que quando foi lá, fora seis meses antes e só tomou um copo de vinho com um amigo





Imprimir