Método simples para tratamento da Sinusite

20 de maio de 2015

Com este método simples você pode amenizar ou por um fim neste problema, confira....


A sinusite é uma doença dos seios paranasais ou cavidades ocas que tem nos ossos que está em torno do nariz, causada por vários motivos, e que pode ser aguda ou crônica.

Neste artigo te explicaremos um método simples, econômico e natural para tratar a sinusite e seus sintomas: mucosidade, congestão, sensação de peso no rosto, dores em diferentes regiões da cabeça, tose e cansaço. Também te explicaremos quais alimentos que originam mais mucosidade, e alguns conselhos finais para completar este tratamento natural.

Tratamento natural
Para tratar a sinusite naturalmente podemos usar este simples remédio, econômico e eficaz. Precisamos:


Uma lota nasal de cerâmica ou de plástico:  este é um utensílio parecido a uma jarrinha que permite fazer lavados nasais e limpar as vias respiratórias. Esta lota podemos conseguir em lojas de produtos naturais e/ou de saúde. e internet. É um utensilio muito mais saudável que outros mais agressivos como são as seringas, que introduzem a água com muita pressão.


Água do mar, misturada com água natural da seguinte maneira: uma parte de água marinho por duas partes e meia de água natural. A podemos comprar em lojas de produtos naturais e em alguns supermercados. Se não a encontrarmos misturamos 1 litro de água natural com três colheres de sal marinho, até que se dissolva por completo.

Como fazê-lo?
Para fazer a técnica de limpeza com a lota e a água salgada, devemos seguir os seguintes passos:

Introduziremos o líquido salgado na lota, e nos colocaremos encima de um recipiente ou um lugar que possa cair a água.

É fundamental que façamos esta técnica sempre com a boca aberta, respirando por ela.


Então inclinaremos o nosso corpo para frente.

Introduziremos a lota pela narina esquerda, relaxaremos, e deixaremos que entre a água, e assim ver em seguida como ela sai pela narina direita.

Ao terminar o líquido limparemos com cuidado o nariz, exalando suavemente para eliminar os restos de mucosidade e toxinas.


Repetiremos a técnica com a narina direita.
Benefícios
Se fizermos esta técnica diariamente obteremos os seguintes benefícios:

Melhora a respiração em geral
Elimina a mucosidade acumulada nos seios paranasais, assim como as bactérias e toxinas.
Ajuda a limpar e também a descongestionar os ductos que unem os ouvidos, os olhos e o nariz.
Ativa terminações nervosas relacionadas com o cérebro
Alivia a enxaqueca.
Melhora a concentração
Previne a insônia
Proporciona uma sensação de bem-estar e relaxamento.
Reduz os roncos noturnos
Alimentos que causam mucosidade
Tão importante como a limpeza nasal é evitar em nossa alimentação tudo aquilo que produza mucosidade, que são principalmente os seguintes alimentos:

Leite e seus derivados, especialmente procedentes da vaca. Podemos substitui-los pelos que procedam de cabra, ovelha ou outros animais, ou por bebidas vegetais (por exemplo de aveia, de arroz ou de amêndoas).

Farinhas refinadas, principalmente as que se encontram nos pães, doces e nos bolos. As limitaremos o máximo possível e as substituiremos pelo pão dextrinado (parecido às bolachas torradas) ou pelos bolos de arroz ou amendoim.

Outros conselhos
Além disso, podemos completar este tratamento, para que seja mais eficaz, com estes dois antigos remédios:

Infusões de urtiga: limpa e elimina a mucosidade.
Alho cru: tem uma ação mucolítico, que elimina a mucosidade. Podemos consumi-lo incluindo na comida (podemos fazer também a cura tibetana com alho) ou também em cápsulas, se temos problemas para digeri-lo.
Existe também um antigo remédio que procede da cultura indígena americana. Se chama velas auriculares ou velas hopi, e são uns cones artesanais feitos com cera de abelha, ervas e outros extratos medicinais, que funcionam de formas simples e eficaz. Apesar que funcionem eliminando a cera e as toxinas do ouvido, indiretamente também limpam e descongestionam todos os ductos da nossa cabeça. Estas velas as podemos encontrar em algumas farmácias e lojas de produtos naturais. Não se deve usar em caso de perfuração do tímpano, alergias ou problemas da pele do ouvido externo, e em caso de otitis ou infecções de ouvido. Devemos sempre seguir atentamente as instruções.


Imprimir