Acidentes trágicos interromperam a vida e a carreira de muitos cantores brasileiros, confira

24 de junho de 2015

Muitos cantores perderam suas vidas em acidentes trágicos que interromperam suas carreiras muito cedo, confira....


O cantor Cristiano Araújo, 29 anos, que morreu nesta quarta-feira (24), vítima de um acidente de carro na BR-153, entre Morrinhos e o trevo de Pontalina, entra para a lista de artistas que morreram em acidentes trágicos.

Claudinho (Claudinho e Buchecha)

O cantor Cláudio Rodrigues de Mattos dividia os palcos com Buchecha, e juntos fizeram uma das mais populares duplas do funk dos anos 1990. Ele tinha 26 anos quando morreu, em 13 de julho de 2002. Cláudio estava na Rodovia Presidente Dutra, voltando de um show em Lorena (SP), quando seu carro colidiu com uma árvore na Serra das Araras, na altura de Seropédica.

João Paulo (João Paulo e Daniel)
Dupla com Daniel, o sertanejo João Paulo morreu carbonizado aos 37 anos quando sofreu um acidente na Rodovia dos Bandeirantes, em Franco da Rocha (SP), no dia 12 de setembro de 1997. O cantor voltava para casa, em Brotas (SP), depois de um show em São Caetano do Sul, quando o carro capotou e pegou fogo.

Mamonas Assassinas

A banda Mamonas Assassinas, fenômeno da música nos anos 90, terminou sua carreira meteórica no dia 2 de março de 1996, quando Dinho, Júlio, Bento, os irmãos Samuel e Sérgio Reoli, sofreram um acidente de avião na Serra da Cantareira, próximo ao Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos. Todos os ocupantes morreram com a queda da aeronave Laerjet.

Gonzaguinha

O cantor e compositor Gonzaguinha morreu em um acidente de carro no dia 29 de abril de 1991, aos 45 anos. O filho de Luiz Gonzaga, dirigia o veículo que foi atingido por um caminhão que trafegava na contramão na BR-280, entre Renascença e Marmeleiro, no Paraná. Apenas um dos três ocupantes sobreviveu.

Maysa
A cantora, que se tornou ainda mais conhecida por boa parte dos brasileiros depois que sua vida se transformou em uma minissérie da Rede Globo, morreu em um acidente em 1977. Ela perdeu o controle do carro que conduzia e bateu em um cabo de proteção da ponte Rio-Niterói.





Imprimir