7 coisas que existem e você não fazia ideia para que serviam, Veja!

11 de outubro de 2016

Muita coisas existem por uma razão, mas acabam passando desapercebidas por nós, veja,,,,,

"Dobra" atrás nas camisas social

Estas dobras são uma espécie de suporte para pendurar as camisas. 
Não precisando decessariamente de um cabide, evitando que a blusa amarrote.


Cilindo nos carregadores de eletrônicos 

Este cilindro evita picos de energia, e sem ele a radiação emitida através do cabo ocasionaria uma interferência em outros aparelhos. O cilindro recebe o nome de núcleo de ferrite

Buraquinho nas janelas de aviões  

A janela dos aviões é formada por duas camadas de acrílico, o buraquinho permite que o ar circule e iguale a pressão com a externa e interna. Se a janela fosse feita de apenas uma camada não suportaria a diferença de pressão e quebraria.

O lado azul da borracha escolar
O lado vermelho da borracha serve para apagar riscos comuns à lápis, já o azul era para apagar traços mais fortes ou em papéis mais ásperos. Com o tempo as pessoas começaram a usar para apagar traços de canetas, a moda pegou e até as fabricantes adotaram a serventia. Porém sem muita eficácia.

O bolsinho nas calças jeans 
O bolso menor presente nas calças jeans foi inventado para carregar relógio de bolso, em uma época em que isso ainda era comum. Hojeem dia as pessoas costumam usá-lo para guardar moedas.

Furo na tampa das canetas
A empresa havia se manifestado, dizendo que as pessoas possuem a mania de mastigar a tampa das canetas e, em alguns casos, engolindo.
Então a empresa resolveu colocar um buraquinho para que não haja um risco de morte por asfixia, caso engulam a tampa, pois o ar irá passar pelo buraco!

Buraco na lateral da caneta Bic


O furo, é responsável pela regulagem da pressão do interior da caneta. Ele iguala a pressão externa com a interna. Por incrível que pareça, os donos da marca explicam que se não existisse o enigmático orifício, em um avião, por exemplo, nossas canetas poderiam explodir.
Além do mais, ficaríamos “sem tinta”, pois sem ele, não haveria ar dentro do tubo para a tinta escorregar até a ponta da caneta.





 

Imprimir