Acidente com a Chapecoense deixa pelo menos 76 mortos

29 de novembro de 2016

Aeroporto de Rionegro, na Colômbia, emitiu comunicado de imprensa que cita seis sobreviventes

Há pelo menos 76 mortos no acidente do avião que levava a delegação da Chapecoense à Colômbia para a disputa da final da Copa Sul-Americana. Segundo a informação, há seis pessoas resgatadas com vida até o momento.

A informação foi divulgada pelo comandante da Polícia Metropolitana de Medellín, general José Acevedo, e confirmada pela Aeronáutica da Colômbia. Um dos sobreviventes teria morrido no hospital, conforme informações de rádios locais, mas ainda não há confirmação oficial.
Ainda segundo o comunicado, equipes de Bombeiros da Prefeitura de Rionegro continuam as buscas por vítimas.
De acordo com informações da polícia Colombiana, o ex-lateral Alan Ruschel, do Internacional, é um dos sobreviventes. Ele está ferido e foi levado para o hospital de La Cepa. Os goleiros Danilo e Follmann também foram resgatados com vida. A comissária de bordo Jimena Suárez e o jornalista Rafael Henzel também teriam sobrevivido ao acidente.

Imprimir