Essas marcas podem significar um alerta de saúde importante, não confunda com falta de higiene.

10 de fevereiro de 2017
Ao contrário do que muitos possam pensar, os médicos e dermatologistas alertam que essa marca na realidade pode indicar algo muito mais grave...

Essa condição é conhecida dentro do meio médico, como “Acantose Nigricans”, e é um forte indicador para a diabetes do tipo 2, e o sobrepeso.
A acantose nigricans é uma doença rara da pele, caracterizada por hiperqueratose (excesso de queratina) e hiperpigmentação (lesões de cor cinza e engrossadas, que dão um aspecto verrugoso ). É frequentemente associada à obesidade e endocrinopatias, como hipotireoidismo ou hipertireoidismo, acromegalia, doeça do ovário policístico, diabetes insulino-resistente, síndrome metabólica, e Síndrome de Cushing.
Embora possa aparecer em qualquer local da superfície corpórea, a área mais atingida é a região posterior do pescoço, seguida pelas axilas, face lateral do pescoço, superfícies flexoras dos membros, região periumbilical, inframamária, mucosa oral ou mesmo, em raros casos, planta dos pés e palma das mãos.



Os sinais mais evidentes de acantose nigricans são, áreas escuras e grossas em regiões de dobras e pregas. Podem ou não causar coceira. Diante destes indícios não deixe de buscar por ajuda. Apesar de não trazerem muitos transtornos algumas acantoses podem ser malignas ou ser sintomas de outras doenças preocupantes.


Imprimir