15 sintomas que podem indicar problemas em seu fígado

8 de agosto de 2017
 
Existe diversos sintomas que podem indicar que existe algo de errado com o fígado...
 
Em geral os principais sintomas estão associados à má alimentação, inclusive ao excesso de gordura e álcool. Quando o órgão fica sobrecarregado, ele não é apenas prejudicado, mas também outras funções vitais. Por isso, é importante estar atento aos 15 sinais que podem indicar que seu fígado não esta bem.

1) O fígado é responsável por encaminhar os nutrientes aos seus respectivos lugares depois que os alimentos são ingeridos. Assim, quando algum deles é consumido em excesso, é esse órgão quem deve trabalhar mais, o que pode sobrecarregá-lo, levando aos sinais que podem indicar problema no fígado, muitos dos quais estão associados a doenças graves. O sintoma típico de que o órgão está com dificuldades de funcionar é a dor abdominal do lado direito, onde o fígado está localizado. Esse sinal é comum nos casos de hepatites agudas.

2) O segundo sinal é o inchaço da barriga, a barriga d’água, corretamente denominada ascite, mais comum nos casos de cirrose hepática e esquistossomose (infecção por parasitas de águas doces contaminadas). No entanto, embora sejam típicos, são indicativos de que o problema está evoluindo, uma vez que a dor é devido à inflamação pela qual o órgão já está passando, que provoca o seu aumento. Por isso, mesmo sendo importantes, é preciso conhecer os sinais que podem anteceder esses principais indicativos.

3) Quando o indivíduo está no grupo de risco de doenças do fígado, ele pode apenas ter os sintomas leves que indicam problemas no órgão e que podem aparecer quando ingere muitos alimentos gordurosos, álcool e mesmo alguns medicamentos. Além disso, pessoas que estão acima do peso e que não praticam exercícios são mais propensas a ter os sinais que indicam danos no fígado. Assim, é possível eleger a tontura, dor de cabeça, enjoo, vômito, diarreia, cansaço excessivo e perda de apetite como sintomas.

4) Esses sintomas, entretanto, são comuns em muitos outros quadros, assim, é preciso identificar quais os sinais menos comuns que também indicam problemas no fígado. Como outros sintomas é possível listar quatro sinais que costumam aparecer juntos: icterícia, coceira generalizada, fezes claras e urina escura. Isso acontece porque quando o fígado está doente ele não consegue metabolizar a bilirrubina (produzida pelo baço depois de destruir os glóbulos vermelhos). Assim, a substância se acumula no sangue, deixando a pele, mucosas e olhos amarelados.

5) Além disso, a bilirrubina acumulada provoca irritação das terminações nervosas, resultado em coceira por todo o corpo. Ao não ser enviada ao intestino como deveria, a bilirrubina deixa de dar às fezes a sua coloração normal, marrom, e por isso ficam claras. Já pelo motivo da substância estar em excesso no sangue, sendo filtrada pelos rins, a urina fica escura. Esses sintomas são frequentes em hepatites e cirrose.

6) O décimo quarto sinal é a equimose, manchas roxas na pele, que aparecem porque o fígado tem a função de enviar as proteínas ingeridas para as diversas partes do corpo, mas quando o órgão está doente, não faz isso com eficiência, prejudicando a coagulação do sangue. Essas manchas e até sangramentos, no entanto, só aparecem se ocorrerem traumas, mesmo que pequenos. Por fim, o décimo quinto sintoma é a ginecomastia, quando aumenta as mamas nos homens. Acredita-se que isso se deva ao desequilíbrio de estrogênio no sangue, já que é o fígado que metaboliza esse hormônio. Também pode ser efeito colateral dos medicamentos usados para tratar a ascite em pessoas com cirrose.

Esta matéria é apenas informativa. Em caso de dúvidas não se automedique, procure sempre orientação médica.  

 



 Fonte e créditos: UmComo


Imprimir